Portfolio > Teologia Natural

Teologia Natural é um projeto de artístico que investiga um acontecimento histórico invizibilizado pelos discursos oficiais: A exploração do látex na Floresta Amazônica durante o final do século XIX e durante a Segunda Guerra Mundial e as estratégias orquestradas pelo poder do Estado e pela indústria internacional para conseguir a mão de obra necessária para obtenção do látex em grande quantidade. A cultura da Hévea Brasiliensis fez a fortuna de grandes sociedades e marcou um dos períodos mais dramáticos do colonialismo europeu. Os capitalistas da borracha, com fins lucrativos, utilizaram estratégias desumanas que incluíam o trabalho escravo, o trabalho infantil, bem como a tortura, o assassinato e o abuso de mulheres. Uma realidade que continua a existir hoje com a exploração do látex nos países asiáticos.

A obra Teologia Natural é composta por vídeos, desenhos e instalações. O projeto desdobra-se em uma cartografia das diversas vozes que revelam o acontecimento: Fatos histórico dispersos, atravessamentos biográficos, cacos de histórias de vida. Revela-se o que não foi claramente dito, o que de tão real virou ficção. Ao relembrar essa história, ao torná-la visível, remembra-se um corpo de um acontecimento social e político.

Natural Theology is an art project that investigates a historical event made invisible by official discourses: The exploitation of latex in the Amazon rainforest during the late nineteenth century and during World War II and the strategies orchestrated by the state and international industry to obtain the labor force needed to acquire latex in large quantities. The culture of the Hévea Brasiliensis made the fortunes of large societies and marked one of the most dramatic periods of European colonialism. The rubber capitalists, for profit, used inhumane strategies that included slave labor, child labor, as well as torture, murder and abuse of women. A reality that continues to exist today with the exploitation of latex in Asian countries.

Natural Theology is composed of videos, drawings and installations. The project unfolds as a cartography of the various voices that reveal the event: dispersed historical facts, biographical crossings, fragments of life stories. What was not clearly said is revealed, what was so real that became fiction. By remembering this history, by making it visible, a body of a social and political event is re-membered.